Jornal Goiás Em Foco - O Jornal Digital de Goiás

Quarta, 22 de setembro de 2021
MENU

Últimas Notícias

Delegado Goiano eleva o nome da Polícia Civil de Goiás em documentário internacional da Netflix

A série já ocupa o 5º lugar no Brasil

272
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

André Fernandes de Almeida, Delegado da Polícia Civil do Estado de Goiás, elevou o nome da polícia civil do estado, em um documentário que vem sendo exibido pela empresa de streaming, Netflix. A trama retrata um dos mais complexos casos envolvendo a mediunidade no Brasil, sendo uma mistura de fé, mistérios, e crimes envolvendo o médium João Teixeira de Faria “João de Deus”.

O documentário relata vários depoimentos de pessoas que procuraram a casa Dom Inácio De Loyola, no município de Abadiânia, localizada no leste goiano aproximadamente 90 quilômetros de Goiânia. João de Farias, o médium que ficou conhecido internacionalmente, inclusive com visitas de pessoas famosas, que procuravam a cura de doenças, se identifica como uma pessoa católica, devoto de Santa Rita de Cássia e Dom Inácio de Loyola, e que recebe entidades espíritas que se dedicam a cura de pessoas enfermas.

 

A produção do documentário que vem sendo exibida para mais de 177 milhões de assinantes em aproximadamente 190 países, gravou com o Delegado que esteve à frente das investigações e prisão do médium no dia 16 de Dezembro de 2018, acusado de vários crimes sexuais contra mulheres que frequentavam as reuniões mediúnicas, posse ilegal de arma de fogo, entre vários outros crimes. André Fernandes de Almeida, é um Delegado goiano conhecido por fazer parte de grandes investigações e operações policiais no estado, passando pela linha de frente de diversas importantes delegacias. André foi Delegado Regional de Posse, região Nordeste de Goiás, em Jataí, sudoeste Goiano e em Aparecida de Goiânia, a segunda maior cidade do estado, mas o ápice de sua carreira foi na delegacia geral da polícia civil, cargo que ocupava quando foi realizada a prisão de João de Deus. Em seus relatos, ele destaca o empenho de sua equipe e de demais policiais envolvidos na operação para desvendar o caso, sendo de grande comoção popular pela quantidade de vítimas e crimes que João de Deus foi acusado. 

A série destaca denúncias importantes contra João de Deus, misturando dúvidas com a fé das pessoas que frequentavam a casa Dom Inácio Loyola, ocupando o 5º lugar nos mais relevantes documentários atuais da Netflix. 

 

 

   Brunno Moreira

Jornalista ®0004120/GO

 

Fonte/Créditos: Jornal Goiás em Foco

Créditos (Imagem de capa): Reprodução

Comentários:

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!