Jornal Goiás Em Foco - O Jornal Digital de Goiás

Polícia Militar flagra crianças em bares e distribuidoras de Aparecida

Crianças de colo, em locais vulneráveis, foram flagrados pela polícia.

Photo:Brunno Moreira

Durante operação policial, as equipes da polícia militar de Aparecida, flagraram diversas crianças de diferentes idades em bares e distribuidoras do município, sendo algumas ainda amamentando na mãe. Locais vulneráveis, crianças expostas a bebidas e em alguns casos, próximas de pessoas que comercializam e vendem entorpecentes, foram situações encontradas noite a dentro na operação do 2º CRPM de Aparecida, denominada Sentinela.
Os responsáveis por essas crianças, devem responder criminalmente de acordo com o (ECA), sendo que os comerciantes também podem ser responsabilizados de acordo com o artigo 81 Inciso 2 e 3 do Estatuto da Criança e Adolescente, que pune com multa e revogação da licença do estabelecimento, causando o fechamento imediato do comércio. 
Os comerciantes foram advertidos, os responsáveis pelas crianças foram orientados a deixar o local. A operação segue por todo Mês de Agosto, e deve atender todos os locais considerados críticos pelas forças de segurança do estado.

 

Jornal Goiás em Foco 

Fonte

Repórter Brunno Moreira
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Polícia Militar flagra crianças em bares e distribuidoras de Aparecida

Repórter Brunno Moreira

Durante operação policial, as equipes da polícia militar de Aparecida, flagraram diversas crianças de diferentes idades em bares e distribuidoras do município, sendo algumas ainda amamentando na mãe. Locais vulneráveis, crianças expostas a bebidas e em alguns casos, próximas de pessoas que comercializam e vendem entorpecentes, foram situações encontradas noite a dentro na operação do 2º CRPM de Aparecida, denominada Sentinela.
Os responsáveis por essas crianças, devem responder criminalmente de acordo com o (ECA), sendo que os comerciantes também podem ser responsabilizados de acordo com o artigo 81 Inciso 2 e 3 do Estatuto da Criança e Adolescente, que pune com multa e revogação da licença do estabelecimento, causando o fechamento imediato do comércio. 
Os comerciantes foram advertidos, os responsáveis pelas crianças foram orientados a deixar o local. A operação segue por todo Mês de Agosto, e deve atender todos os locais considerados críticos pelas forças de segurança do estado.

 

Jornal Goiás em Foco 

Publicidade

Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )