Jornal Goiás Em Foco - O Jornal Digital de Goiás

Polícia não confirma veracidade dos áudios vazados sobre morte do Soldado da CPE

Áudios podem atrapalhar as investigações.

Photo:Brunno Moreira

Allison Miranda foi morto enquanto realizava um patrulhamento em uma viatura descaracterizada do Comando de Policiamento Especializado CPE de Aparecida de Goiânia no último dia 22 no Anel Viário. O tiro transfixou o crânio do soldado acertando um outro policial da guarnição na região do braço. Allison morreu  no hospital de urgências de Goiânia, o outro policial que estava na viatura, foi socorrido e em seguida recebeu alta médica.  

Áudios circulam em plataformas das redes sociais em que supostos policiais militares relatam que o suspeito já foi identificado e participou da reconstituição feita na semana passada, o que não foi confirmado. Diversos comentários surgiram a respeito da suposta autoria da morte do policial, mas até o momento apenas boatos, nehuma nota oficial foi divulgada pela  secretaria de segurança pública do estado de Goiás.

A delegacia de homicídios de Aparecida de Goiânia contínua investigando o caso  para tentar chegar na autoria e motivação do crime. O inquérito corre em segredo de justiça.

 

 

Jornal Goiás em Foco

Fonte

Repórter Brunno Moreira
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Polícia não confirma veracidade dos áudios vazados sobre morte do Soldado da CPE

Repórter Brunno Moreira

Allison Miranda foi morto enquanto realizava um patrulhamento em uma viatura descaracterizada do Comando de Policiamento Especializado CPE de Aparecida de Goiânia no último dia 22 no Anel Viário. O tiro transfixou o crânio do soldado acertando um outro policial da guarnição na região do braço. Allison morreu  no hospital de urgências de Goiânia, o outro policial que estava na viatura, foi socorrido e em seguida recebeu alta médica.  

Áudios circulam em plataformas das redes sociais em que supostos policiais militares relatam que o suspeito já foi identificado e participou da reconstituição feita na semana passada, o que não foi confirmado. Diversos comentários surgiram a respeito da suposta autoria da morte do policial, mas até o momento apenas boatos, nehuma nota oficial foi divulgada pela  secretaria de segurança pública do estado de Goiás.

A delegacia de homicídios de Aparecida de Goiânia contínua investigando o caso  para tentar chegar na autoria e motivação do crime. O inquérito corre em segredo de justiça.

 

 

Jornal Goiás em Foco

Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )